Aspargos: Nutrientes de sobra para seu plano alimentar

Aspargos: Nutrientes de sobra para seu plano alimentar

Os aspargos são alimentos que merecem muito destaque nas dietas, já que é pouco calórico e altamente nutritivo, sendo uma boa fonte de vitaminas e fibras. Os aspargos são ricos em ácido fólico, betacaroteno, magnésio, manganês, fósforo, fibras e vitamina C, B e K. Além disso, ele possui ação diurética e auxilia no combate aos radicais livres.

É um alimento que merece atenção especial em nosso cardápio, visto que mantém a saúde em dia e auxilia nas dietas de emagrecimento. Com propriedades que fortalecem o organismo, aceleram seu funcionamento e ajudam a eliminar toxinas, esse vegetal tem benefícios de sobra para fazer parte da nossa rotina alimentar.

É anti-inflamatório

Os aspargos não só tem o gosto delicioso, como também são uma maravilhosa fonte de nutrientes para o corpo e para a mente. Eles contém muitos nutrientes anti-inflamatórios, tais como as saponinas e os flavonoides quercetina, rutina, laempferol e isoramnetina, todos que ajudam a combater a artrite, a asma e as doenças autoimunes.

Fonte de antioxidantes

A glutationa encontrada em aspargos, contém três aminoácidos (ácido glumatico, glicina e cisteína) que se combinam numa molécula que serve como um agente de oxidação poderosa em nosso corpo.

Juntamente com os antioxidantes da vitamina C, vitamina A (betacaroteno), zinco, manganês e selênio, o glutationa em aspargos luta contra os radicais livres que causam envelhecimento e “oxidação celular”.

Os aspargos previnem o câncer

Com suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, os aspargos são um forte combatente de vários tipos de câncer, como o de bexiga, mama, cólon, pulmão, próstata, ovário e outros.

Os aspargos são ricos em ácido fólico, betacaroteno, magnésio, manganês, fósforo, fibras e vitamina C, B e K.

Saúde do coração

O folato, vitamina do complexo B, é essencial para um sistema cardiovascular saudável e é encontrado em abundância nos aspargos. E, finalmente, vitaminas do complexo B, como a colina, biotina e ácido pantotênico, reduzindo os níveis de açúcar no sangue de forma eficaz, metabolizando os açúcares e amidos.

Defeitos congênitos

O folato também é essencial para a divisão celular adequada. Porções saudáveis de aspargos podem impedir uma deficiência de folato, que tem sido associada a defeitos de nascimento, como a espinha bífida (um defeito congênito em que a medula espinhal é exposta através de uma abertura na coluna vertebral).

Os aspargos são diuréticos

O aminoácido asparagina, encontrado em aspargos, é um diurético eficaz e tem sido historicamente usado para tratar inchaço, artrite, reumatismo, e retenção de água causada pela TPM.

Dieta e digestão

A inulina, um carboidrato também presente em aspargos, incentiva o crescimento de bifidobactérias e lactobacilos, duas bactérias que aumentam a absorção de nutrientes, e diminuem o risco de alergia e câncer de cólon, ajudando a evitar bactérias hostis de tomar posse de nosso trato intestinal.

A fibra saudável e o teor de proteína dos aspargos estabilizam a nossa digestão, inibindo excessos e mantendo uma baixa quantidade de açúcar no sangue, prevenindo a constipação. Você sabia que uma xícara de aspargos contém apenas 43 calorias?

Os aspargos são ricos em ácido fólico, betacaroteno, magnésio, manganês, fósforo, fibras e vitamina C, B e K.

Fonte de vitamina K

Os aspargos são uma excelente fonte de vitamina K, o qual é necessário para a síntese da osteocalcina, uma proteína que fortalece a composição dos ossos.

Além disso, a vitamina K impede o acúmulo de cálcio no nosso tecido, o que pode levar a aterosclerose, doenças cardiovasculares e acidente vascular cerebral.

Rico em vitamina C

Tal como mencionado acima, os aspargos contém uma dose da vitamina C antioxidante forte. Outros benefícios de saúde associados com a vitamina C são uma menor pressão sanguínea, o sistema imunológico saudável, e a resistência a doenças oculares relacionadas à idade, como catarata e a degeneração macular.