Dieta sem Glúten: Emagrecimento com saúde

Dieta sem Glúten: Emagrecimento com saúde

A Dieta sem Glúten é hoje uma das praticadas entre os adeptos da boa forma. Mas qual será o grande diferencial desta dieta? Será que ela realmente funciona? Estas e outras perguntas serão respondidas aqui.

Dieta sem Glúten: Como funciona?

Antes mesmo de eu te apresentar a dieta sem gluten, é de extrema importância lhe mostrar como ela surgiu. Esta dieta surgiu de uma necessidade das pessoas portadoras de doença celíaca, que é caracterizada pela intolerância ao gluten, onde por uma resposta autoimune o organismo não consegue digerir e absorver a proteína do glúten. O que leva a uma inflamação crônica da mucosa do intestino delgado.

Com isso, a pessoa tem as vilosidades intestinais afetadas, devido ao processo inflamatório ocasionado pelo glúten e já não consegue absorver os nutrientes vindos dos alimentos, passando então a ter algumas manifestações clínicas, que na maioria das vezes, são confundidas com outros tipos de doenças, levando a demora de um diagnóstico e tratamento preciso.

Quais alimentos contém glúten?

O glúten é uma proteína presente em alimentos como:

  • Trigo;
  • Aveia;
  • Centeio;
  • Cevada;
  • Malte

Ele pode ser encontrado também em seus subprodutos como:

  • Pães;
  • Massas;
  • Bolos;
  • Tortas;
  • Biscoitos;
  • Cerveja;
  • Uísque;
  • Vodka;
  • Alguns doces

Quais são os sintomas da Doença Celíaca?

Os principais sintomas da doença celíaca são:

  • Dor abdominal;
  • Fraqueza;
  • Perda ou dificuldade para ganhar peso;
  • Queda intensa de cabelo;
  • Diminuição do apetite;
  • Lesões de pele;
  • Anemia;
  • Déficit de crescimento em crianças;
  • Infertilidade.

Neste caso, a Dieta sem Glúten se faz necessária para amenizar os sintomas e proporcionar uma maior qualidade de vida para quem sofre com a doença.

Dieta sem glúten

Glúten: vilão ou mocinho?

Muitas pessoas estão optando em fazer a dieta sem gluten em busca de emagrecimento. Sim! Esta dieta emagrece mas não por conta do glúten especificamente, e sim por conta de que a maioria dos produtos que o contém são muito calóricos ou são ricos em carboidratos. Ao optar por não consumi-los, naturalmente você reduz as calorias do seu cardápio e consegue emagrecer.

Por isso, colocar o glúten como vilão ou mocinho, depende do estilo de vida que você quer para você e de quais são seus objetivos. Existem as pessoas que excluem esta proteína do cardápio devido a intolerância ao glúten. Outras optam por consumi-lo moderadamente e se sentem bem por isso e ainda há quem exclua definitivamente o glúten da dieta, e não sentem a menor falta dele.

Poderosos benefícios de viver sem o glúten

Apesar de não comprovados através de estudos, os benefícios da dieta sem glúten estão relacionados a:
1. Redução do processo inflamatório na doença celíaca e maior qualidade de vida;
2. Redução de peso para quem busca emagrecimento rápido. Nas primeiras 2 semanas, após a retirada da proteína já é possível perceber a redução de medidas;
3. Melhora da disposição para as atividades diárias;
4. Melhora da digestão dos alimentos, o que evita a incômoda sensação de inchaço corporal.

A escolha dos alimentos faz a diferença!

Para aproveitar a dieta sem gluten beneficios, você deve fazer a substituição correta dos alimentos que contém esta proteína, por outros que possam te fornecer energia. Os alimentos substitutos devem suprir o seu cardápio diário com a quantidade de nutrientes necessários ao bom funcionamento do seu organismo.

Algumas opções são:

  • Fécula de batata;
  • Farinha de arroz;
  • Araruta;
  • Polvilho doce e azedo;
  • Milho;
  • Mandioca;
  • Trigo-Sarraceno

Mas lembre-se! Mesmo sendo livres de glúten, estes alimentos devem ser consumidos dentro de uma alimentação equilibrada e em quantidades moderadas.

Dieta sem glúten

Dieta sem glúten e lactose

Você já ouviu falar na combinação da dieta sem gluten e lactose? Se é uma pessoa que está sempre ligada nos assuntos relacionados a boa forma, saúde e bem estar, com certeza sim! Antes de falarmos efetivamente sobre a dieta sem lactose, é importante que você entenda o que é a intolerância a lactose e o papel da dieta para quem sofre com esse problema.

A intolerância a lactose é a incapacidade do organismo de digerir a lactose (carboidrato presente no leite). O que traz como sintomas:

  • Diarreia;
  • Náuseas;
  • Vômitos em alguns casos;
  • Dores abdominais;
  • Inchaço

A dieta sem lactose é prescrita aos intolerantes a lactose, a fim de reduzir os sintomas da doença devolvendo a saúde e qualidade de vida do indivíduo. No entanto, da mesma maneira que o glúten foi colocado como vilão na rotina de quem busca pela boa forma, a lactose também.

Já existem algumas pesquisas em relação ao consumo do leite na idade adulta, que comprovam que nesta idade, nosso organismo já não produz a enzima lactase (capaz de digerir a lactose) em quantidade suficiente. Por isso, devido a esta “má digestão” podemos vir a ter sintomas como:

  • Distensão abdominal;
  • Retenção líquida;
  • Sensação de estufamento

Qual seria a forma de reduzir esses sintomas? Simples, retirando o consumo do leite de sua rotina.

Dieta sem Glúten e lactose emagrece?

Te convidamos a pensar: “Como retirar o leite da dieta, está relacionado com a perda de peso”? Nós explicamos! Quando você retira o leite da dieta, o organismo passa a eliminar as toxinas do corpo com mais facilidade, e você passa a se sentir menos inchado, o que traz a nítida sensação de um corpo mais enxuto, por isso a Dieta sem glúten e sem lactose tem ganho cada vez mais adeptos, entre eles celebridades, como: Letícia Spiller, Juliana Paes e Luciana Gimenez.

Dieta sem lactose e suplementação de cálcio quando é necessário?

Quando você retira o leite do cardápio, se faz necessário buscar outras fontes de cálcio, que possam suprir a necessidade do seu organismo. É possível encontrar boas quantidades do mineral em alimentos como:

  • Vegetais verde-escuros;
  • Leguminosas;
  • Legumes;
  • Cereais integrais;
  • Sementes

O que significa que com uma alimentação variada e equilibrada é possível obter quantidades adequadas de cálcio em sua dieta. No entanto, se faz necessário o acompanhamento nutricional individualizado, a fim de verificar a necessidade da suplementação de cálcio, combinada com a suplementação de vitamina D, já que esta vitamina é responsável por proporcionar a absorção do mineral pelo organismo.

Agora, que você já entende melhor sobre a Dieta sem glúten e sem lactose que tal ganhar uma sugestão de cardápio especial? Não perca tempo e anote:

Dieta sem glúten

Sugestão de cardápio da dieta sem glúten e lactose

Café da manhã

  • 1 copo (200ml) de suco detox feito com: couve, limão, maçã, suco de uma laranja, e 1 colher (sopa) de chia.
  • 1 tapioca recheada com 3 colheres (sopa) de espinafre cozido, tomate e orégano.

Lanche da manhã

  • 1 pera

Almoço

  • Salada de almeirão com cenoura ralada, temperada com limão, sal e azeite
  • 1 filé de salmão grelhado
  • 3 colheres (sopa) de brócolis ao vapor
  • 1 colher (sopa) de feijão

Lanche da tarde

  • 1 fatia de abacaxi

Jantar

  • Sopa de lentilha com couve

Ceia

  • 1 xícara (chá) de camomila sem açúcar. Adicione de 3 a 4 gotas de adoçante

E então você gostou da conhecer mais sobre a Dieta sem Glúten? Se sim, registre aqui o seu comentário. Se você conhece alguém que já faz a Dieta sem Glúten compartilhe conosco quais foram os resultados. Até a próxima!