Kiwi: A fruta exótica mais alcalina do mundo!

Kiwi: A fruta exótica mais alcalina do mundo!

O kiwi é a fruta mais alcalina que existe, o que significa que tem uma rica fonte de minerais que substitui o excesso de alimentos ácidos que a maioria das pessoas consome. Um organismo ácido/alcalino equilibrado traz muitos benefícios para a saúde, como: uma pele jovem, energia física abundante, menos resfriados, menos artrite e osteoporose, entre outros benefícios.

O kiwi é uma fruta que contém grandes surpresas. A espécie mais comum de kiwis é a Actinidia deliciosa, que é vulgarmente conhecida como kiwi. Dentro deste fruto pequeno, de forma oval, com pele marrom difusa, reside uma esmeralda semi-translúcida de carne brilhante, verde, salpicada com alguns veios brancos concêntricos e pequenas sementes pretas.

Sua carne é quase cremosa em coerência com um sabor revigorante que lembra uma mistura de morango e banana, porém com o seu próprio sabor doce único. Nesta matéria serão apresentados vários benefícios que essa excelente fruta pode proporcionar à saúde.

O kiwi evita o câncer

Os kiwis contém um componente antimutagênico, que ajuda a evitar que alterações no DNA das células iniciem um processo de câncer. A presença de glutationa pode contribuir para a redução dos níveis de nitratos. Os nitratos são agentes cancerígenos que são formados durante o ato de fumar ou fazer churrascos.

Quando os nitratos são ingeridos, um processo chamado de nitrosação pode ocorrer, podendo levar à formação de câncer gástricos ou outros. O kiwi auxilia na prevenção desse processo maléfico dos nitratos.

O kiwi é a fruta mais alcalina que existe.

O kiwi garante a proteção cardiovascular

O aminoácido arginina, presente no kiwi, vem sendo receitado por cardiologistas para melhorar o fluxo sanguíneo pós-angioplastia, pois acredita-se que ele impede a formação de placas nas artérias.

O kiwi é um antioxidante natural

Os kiwis são classificados como a quarta maior reserva de antioxidante natural, só perdendo para os frutos vermelhos que contêm altos níveis de betacaroteno. A luteína, um fitoquímico importante encontrado no kiwi, tem sido relacionado com a prevenção do câncer de próstata e pulmão.

Excelente fonte de fibra dietética

Estudos indicam que o kiwi contém um outro composto ainda não-isolado que acelera o tempo do trânsito digestivo. Este componente acelerador pode prevenir o câncer colorretal. O benefício desta ação laxante é diminuir o acúmulo de metabólitos promotores de câncer.

O kiwi contém clorofila

Os kiwis são uma das poucas frutas que são verdes em sua maturidade, sendo que a clorofila é responsável por essa cor. Vários estudos têm sugerido que a clorofilina, um derivado da clorofila, é um inibidor da formação de tumores de câncer.

O kiwi é a fruta mais alcalina que existe.

O kiwi aumenta o colesterol bom

O kiwi contém uma riqueza de carotenoides (carotenos beta, luteinas e xantofilas); compostos fenólicos (flavonoides) e antocianinas e antioxidantes, incluindo vitaminas C e E, um excelente complemento de antioxidantes que podem ajudar a evitar a oxidação do colesterol bom (HDL). Ele é particularmente elevado em dois aminoácidos: a arginina e o glutamato.

Informações adicionais

• Cardiologistas acreditam que a relação sódio-potássio é fundamental para a saúde do coração. Essa relação é extremamente favorável no consumo de kiwi.
• Os kiwis tem mostrado ser um excelente agente imune, provavelmente devido ao seu alto teor de vitamina C e o seu complemento de compostos antioxidantes.
• Os kiwis também contém o aminoácido arginina, um vasodilatador conhecido que tem sido usado para tratar a impotência em homens.