Pizza: Fuja delas se você estiver fazendo dieta

Pizza: Fuja delas se você estiver fazendo dieta

Fins de semana pedem pizza, certo? Saiba que nem todas as pizzas fazem mal para a saúde, porém a maioria das que são vendidas congeladas em supermercados estão cheias de condicionadores de massa artificiais e outros conservantes.

Feitas com farinha branca, essas pizzas são absorvidas pelo nosso organismo e transformadas em açúcar puro, causando um aumento de peso e desequilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

As pizzas são amadas por pessoas de todas as idades. Congeladas ou não, elas se encaixam praticamente em qualquer ocasião. Comer pizza de maneira muito constante pode fazer muito mal para a saúde. E caso você esteja fazendo dieta, é bom reconsiderar suas escolhas. A seguir falaremos um pouco mais sobre alguns fatos importantes que você deve saber sobre as pizzas.

A pizza é rica em gorduras e calorias

Uma fatia de pizza de queijo, possui cerca entre 250-350 calorias e 10-17 gramas de gordura. Fabricantes de pizza, geralmente oferecem uma variedade quase infinita de massas, queijos e combinações. Adicionar pepperoni, salsicha e bordas recheadas com queijo pode aumentar a sua ingestão de calorias e gorduras para cerca de 500 calorias por fatia, com 26 gramas de gordura.

Pizzarias “Gourmet” oferecem pizzas individuais, que apesar de pequenas não possuem muita diferença em quantidade de calorias, variando entre 1.400 e 1.700 calorias e 30 gramas de gordura cada. Como sabemos, comer muitas calorias pode acelerar o ganho de peso. O alto teor de gordura nestas pizzas vem em grande parte de gorduras saturadas, que elevam o risco de desenvolver doenças cardíacas.

Comer pizza de maneira muito constante pode fazer muito mal para a saúde.

Além de ser rica em calorias e gorduras, as pizzas são ricas em sódio, contendo de 500 a 700 miligramas por fatia. Pizzas congeladas, muitas vezes contêm mais de 900 miligramas de sódio por porção. Médicos aconselham a manter a ingestão de sódio diária abaixo de 1.500 mg. Ingerindo pizzas diariamente, você irá ultrapassar essa meta regularmente, levando à retenção de água e aumentando o risco de pressão arterial elevada.

As pizzas um pouco mais saudáveis

Pedir pizza com coberturas vegetais extras e evitar coberturas de carne, tanto quanto possível, pode tornar a sua experiência comendo pizza um pouco mais saudável. Tente pedir menos queijo também. Que tal optar por carne, presunto ou frango, ao invés de salames, calabresas e bacon?

Pode ser que você também encontre pizzas feitas de grãos integrais, e mantendo a massa fina para minimizar a ingestão de farinhas brancas refinadas, que oferecem pouca fibra e pode elevar seus níveis de açúcar no sangue.

Versão caseira da pizza

Limitar a ingestão de pizzas, não significa que você nunca mais vai comer pizza. Você pode fazer versões caseiras para satisfazer os seus desejos e manter uma dieta mais saudável.

Comer pizza de maneira muito constante pode fazer muito mal para a saúde.

Em qualquer receita massa de pizza, substitua metade da farinha de trigo branca por metade de farinha integral, para fazer uma pizza mais nutritiva. Faça seu próprio molho de baixo teor de sódio usando tomates naturais, tempero italiano, alho picado e uma pitada de sal marinho.

Cubra com mussarela light e legumes assados ou grelhados. Você também pode fazer versões com pão integral. Assim, você pode matar sua vontade por essa gostosura, porém, ainda assim manter sua dieta!