Sementes de cânhamo: 8 aminoácidos numa única semente!

Sementes de cânhamo: 8 aminoácidos numa única semente!

Infelizmente as sementes de cânhamo ainda são subestimadas pelos brasileiros, porém elas contém uma ampla variedade de benefícios à saúde, incluindo a sua capacidade de melhorar a saúde do coração, estimular a boa digestão, aumentar a massa muscular, eliminar a insônia, tratar a anemia, ajudar na perda de peso, estimular a atividade metabólica, construir os músculos, prevenir vários tipos de câncer, melhorar o sistema imunológico, reduzir os sintomas da menopausa e menstruação, melhorar a saúde do cabelo, manter os ossos fortes e equilibrar os níveis hormonais no organismo.

As sementes de cânhamo foram usadas por milhares de anos por várias culturas como uma medicina tradicional e um suplemento dietético, isso porque os seus efeitos foram claramente positivos.

A ciência moderna explica que o cânhamo é uma das únicas fontes alimentares vegetais que é uma proteína completa. Isto significa que elas contém todos os 8 aminoácidos essenciais que o corpo não pode produzir.

O cânhamo é o termo comum para uma grande variedade de plantas da família Cannabis. Esta planta, benéfica e versátil, pode ser transformada em fibras, óleo, cera, resina, tecido, combustível, e uma vasta gama de outros produtos úteis.

O cânhamo cresce por todo o mundo, pois é uma planta muito resistente e pode crescer numa variedade de condições ambientais. Alguns países já proibiram o uso ou a plantação de cânhamo e maconha, pois eles contêm uma substância química chamada THC psicotrópica, que algumas pessoas usam como droga recreativa.

Valor nutricional das sementes de cânhamo

Sementes de cânhamo são muito utilizadas em todo o mundo pelos seus benefícios e por sua facilidade de cultivo em vários tipos de climas. Os elementos que o tornam tão úteis são, principalmente, os seus componentes químicos, nutrientes e minerais. Estes incluem altos níveis de zinco, magnésio, cálcio, fósforo, ferro e fibras.

Além disso, as sementes de cânhamo contém 21 aminoácidos, incluindo os nove aminoácidos essenciais, tornando-se uma proteína completa. Ela também é composta por um grande número de óleos comestíveis e uma variedade de gorduras essenciais no corpo, incluindo uma forma rara de ômega-6.

As sementes de cânhamo promovem a saúde cardiovascular

As sementes de cânhamo tem uma ampla gama de efeitos sobre a saúde do coração, incluindo o equilíbrio adequado de ácidos graxos ou colesterol no corpo. Ela também é uma das únicas substâncias vegetais no mundo onde este equilíbrio normal já existe.

As sementes de cânhamo foram usadas por milhares de anos por várias culturas como uma medicina tradicional e um suplemento dietético.

O equilíbrio de gorduras saturadas no organismo é essencial para o funcionamento normal do corpo, e a prevenção de diversas doenças, incluindo a aterosclerose, ataques cardíacos e acidentes vasculares cerebrais.

Além disso, uma vez que as sementes de cânhamo tem um elevado teor de fibra, a saúde do coração é reforçada ainda mais, pois a fibra retira o excesso de colesterol das paredes das artérias, o que conduz a doenças cardíacas, e leva-as para o sistema excretor, onde podem ser processadas e eliminadas.

As sementes de cânhamo tem uma característica única, o ácido linoléico vulgarmente conhecido como GLA, é uma forma rara de ômega-6 que pode ser encontrada em poucas fontes alimentares, e que pode ter efeitos surpreendentemente benéficos sobre a sua saúde.

Ele tem sido relacionado com a melhoria de condições cardiovasculares, ajudando a diminuir o colesterol negativo, enquanto aumenta a presença do colesterol benéfico HDL. No geral, as sementes de cânhamo são uma arma poderosa contra danos ao coração!

As sementes de cânhamo fazem bem para a digestão

As sementes de cânhamo são uma excelente fonte de fibra dietética, insolúveis e solúveis. A fibra insolúvel é mais benéfica, por aumentar o volume das fezes e facilitar a passagem através do trato digestivo, reduzindo assim os sintomas de diarreia e constipação.

A fibra solúvel, por outro lado, é responsável por retardar a absorção de glicose e aumentar os sucos digestivos e gástricos, que facilita ainda mais a passagem pelo intestino.

A fibra solúvel também estimula o suco biliar, que reduz a quantidade de colesterol LDL (colesterol ruim) no corpo. No geral, os efeitos destes dois tipos de fibras no corpo podem ajudar a evitar uma série de leves a graves condições, incluindo o câncer colorretal e as doenças cardiovasculares.

Ajuda na insônia

Um dos aspectos mais importantes de sementes de cânhamo é o seu alto conteúdo de minerais, incluindo magnésio, o que cria uma sensação muito calmante e relaxante por todo o corpo. O magnésio tem várias qualidades estimulante sobre enzimas e hormônios que induzem ao sono.

A serotonina é liberada quando o magnésio é administrado, se deslocando para o cérebro, onde se converte em melatonina.

As sementes de cânhamo foram usadas por milhares de anos por várias culturas como uma medicina tradicional e um suplemento dietético.

A melatonina é um poderoso auxiliar do sono, e pacientes com insônia têm frequentemente afirmado que a suplementação de magnésio tem ajudado. Uma única porção de sementes de cânhamo contém cerca de 50% da dose diária recomendada de magnésio. Então, coma um punhado e garanta um sono benéfico e restaurador.

Fortalecimento dos ossos

As sementes de cânhamo tem um teor moderado de cálcio, que é um elemento necessário para a criação e fortalecimento dos ossos, e também ajuda a reparação de matéria óssea danificada. Além disso, a presença de cálcio nas sementes de cânhamo e no seu óleo ajudam a reduzir as chances de se desenvolver doenças como a osteoporose.

Tratamento da anemia

Um dos outros minerais que podem ser encontrados nas sementes de cânhamo é o ferro, uma parte integrante da construção de células vermelhas do sangue no corpo humano.

A deficiência de ferro pode resultar em anemia, por isso, ter uma quantidade adequada de ingestão de ferro de alimentos como sementes de cânhamo pode ajudar a prevenir a anemia, que se apresenta em sintomas como fadiga, dores de cabeça, fraqueza muscular, entre outros sintomas.

As sementes de cânhamo ajudam na perda de peso

As sementes de cânhamo possuem baixo teor de sódio e calorias, e é uma proteína completa, que pode ser consumida em grandes quantidades, sem medo de se ganhar peso. As proteínas completas fazem o corpo se sentir saciado, porque todos os aminoácidos necessários foram tomados através dos alimentos, inibindo assim a liberação de grelina e reduzindo a fome.

Isso reduz as chances de se comer demais e de um subsequente ganho de peso. Além disso, a fibra torna o corpo saciado e estimula a boa digestão e a passagem rápida dos alimentos para os intestinos, o que pode reduzir o peso e aumentar a absorção eficiente dos nutrientes.

Ganho de massa muscular

Como dissemos anteriormente, as sementes de cânhamo são conhecidas como uma proteína completa, pois contém os oito aminoácidos essenciais que não podem ser produzidos pelo corpo humano.

Estes são essenciais para a criação de novos tecidos no corpo, bem como o reforço da massa e densidade muscular. Comer uma quantidade adequada de sementes de cânhamo é uma boa maneira de aumentar seu tônus muscular.

Atua na prevenção do câncer

Há uma certa quantidade de compostos fenólicos presentes nas sementes de cânhamo e em seu óleo.

As sementes de cânhamo foram usadas por milhares de anos por várias culturas como uma medicina tradicional e um suplemento dietético.

Eles atuam como poderosos antioxidantes que podem prevenir vários tipos de câncer, eliminando os radicais livres. Os radicais livres são os subprodutos tóxicos do metabolismo celular, que podem danificar as células saudáveis por mutação em seu DNA.

Por isso, aumentando o seu teor de compostos fenólicos através do consumo de alimentos como sementes de cânhamo, você pode evitar muitos tipos de câncer.